segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

14/01/2012 - Palmeiras 1x0 Ajax (HOL)

Estádio do Pacaembu - Amistoso Internacional


Clique aqui para a ficha técnica

Primeiro jogo de 2012, um amistoso internacional marcado contra o Ajax, da Holanda, no Pacaembu, apenas uma semana depois de São Marcos ter anunciado sua aposentadoria. Por isso, cinco mil torcedores saíram do Palestra Itália e, atrás de um carro de som, fizeram uma procissão para São Marcos, até a praça Charles Miller, na frente do estádio. Apesar do trânsito foi algo bonito de ver: uma homenagem a Marcos, a única unanimidade no futebol brasileiro atual.

Fui com meu irmão, encontrei amigos, e depois das cervejas na entrada (e de ter visto torcedores holandeses andando por ali) fomos acompanhar o jogo. O Palmeiras entrou com o suposto time titular, cuja única novidade foi Juninho na lateral esquerda. O primeiro tempo foi bom, com bons lances para os dois lados, incluindo uma cabeçada de Luan que carimbou o travessão.

No segundo tempo Felipão promoveu nada menos que SEIS substituições, o que é normal em amistosos, mas que deixa o jogo sem brilho. As jogadas simplesmente não saíam, e virou um jogo difícil de ver. A melhor alteração, em minha opinião, veio com a saída de um apagado Valdívia e a entrada de Pedro Carmona, que passou a armar as jogadas ao lado de Maikon Leite. Carmona, assim como no jogo contra o Vasco, entrou muito bem e deixou o meio de campo mais criativo.

Já sob vaias e (desnecessários) protestos da torcida, aos 48 do segundo tempo saiu de uma jogada bem construída o gol que marcou a nossa vitória. Chico roubou a bola na intermediária e tocou para Gerley, que viu Luan disparar. Luan foi à linha de fundo e cruzou na medida para Pedro Carmona que, livre, cabeceou. Na comemoração, Carmona imitou uma defesa, fazendo mais uma homenagem a Marcos.







Nenhum comentário:

Postar um comentário